O Jornal

Concórdia decreta emergência

Durante a semana, município elevou para 80 o número de positivados para a dengue. Bairro Nações tem mais focos

Concórdia decreta emergência

Concórdia está enfrentando um aumento significativo nos casos de dengue, com 80 casos positivos já registrados e outros 83 aguardando resultados de exames. O cenário preocupante levou a Administração Municipal a decretar Situação de Emergência na última semana, com destaque para o risco iminente de uma epidemia da doença.
Para combater a propagação do vírus, o Grupo de Trabalho de coordenação de ações de combate à dengue, em atividade desde 2022, realizou uma reunião na terça-feira, dia 19, para discutir novas estratégias e ações permitidas pelo recente decreto municipal. Entre as medidas planejadas, está a realização de um novo mutirão no bairro Nações, considerado o epicentro da doença.
Um dos focos do mutirão será a capacitação de profissionais encarregados da fiscalização municipal para lidar com as ocorrências específicas da dengue. O treinamento está programado para a próxima semana e contará com a participação de servidores de diversas áreas, além de membros das forças de segurança e salvamento.
O alerta para o risco de epidemia é acionado quando o número de casos ultrapassa 250, conforme indicado pelas autoridades de saúde. Com o registro de 80 casos confirmados e outros 83 sob investigação, a cidade está em estado de atenção. A maioria dos pacientes reside no bairro Nações, o que motivou a decisão de realizar o mutirão nessa localidade, previsto para a primeira semana de abril.
O mutirão contará com a colaboração do poder público, agentes de fiscalização, entidades e voluntários, numa tentativa conjunta de conter a propagação da dengue e proteger a saúde da população concordiense.
A vigilância e o engajamento da comunidade são fundamentais para combater essa doença que, se não controlada, pode se alastrar rapidamente, colocando em risco a vida dos cidadãos e sobrecarregando o sistema de saúde local.

Por: Rosilene Fochesatto

Veja Também

Confira as matérias que foram destaque