O Jornal

Campanha Junho Vermelho incentiva doação de sangue

Campanha Junho Vermelho incentiva doação de sangue

Em todo o país, os meses de junho e julho costumam ser preocupantes para os hemocentros. Durante essa temporada, os estoques de sangue chegam a ficar 30% menores. E dois grandes motivos contribuem para esse cenário: a queda nas temperaturas, que facilita a transmissão de doenças respiratórias, e as férias escolares em julho. Por causa dos baixos estoques dos bancos de sangue o período passou a ser reconhecido nacionalmente como o mês de incentivo às doações, intitulado Junho Vermelho. A escolha do mês também leva em conta o Dia Mundial do Doador de Sangue, 14 de junho, data estabelecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para celebrar a causa.
De acordo com o Dr. Filipe Fusari, médico Hematologista e médico responsável técnico do Serviço de Hemoterapia e Banco de Sangue do Hospital são Francisco, a doação de sangue é um ato altruísta que salva milhões de vidas todos os anos. “É um gesto de solidariedade que ajuda a manter os estoques de sangue nos hospitais, sendo crucial para tratamentos de emergência, cirurgias, tratamentos de doenças crônicas e até mesmo para pacientes com câncer que necessitam de transfusões regulares”, explica.

Importância da Doação
de Sangue

Conforme o Dr. Fusari, a doação de sangue é vital por várias razões:
1. Salvamento de Vidas: Cada doação pode salvar até quatro vidas, já que o sangue doado pode ser separado em diferentes componentes (glóbulos vermelhos, plaquetas, plasma) e utilizado para tratar diferentes pacientes.
2. Tratamentos Médicos: Pacientes com câncer, anemias severas, hemofilia e outras condições de saúde dependem de transfusões regulares.
3. Emergências e Cirurgias: Em casos de acidentes, cirurgias complexas e emergências médicas, a disponibilidade de sangue pode ser a diferença entre a vida e a morte.
4. Doenças Crônicas: Pacientes com doenças crônicas, como talassemia e doença falciforme, necessitam de transfusões frequentes para manter uma boa qualidade de vida.

Critérios para Doação de Sangue

Para garantir a segurança do doador e do receptor, há critérios específicos que devem ser atendidos:
1. Idade e Peso: O doador deve ter entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos precisam de consentimento dos pais ou responsáveis) e pesar no mínimo 50 kg.
2. Saúde Geral: O doador deve estar em boas condições de saúde, sem sintomas de gripe, febre ou outras doenças infecciosas.
3. Intervalo entre doações: Homens podem doar a cada dois meses, até no máximo quatro vezes por ano, e mulheres a cada três meses, até no máximo três vezes por ano.
4. Comportamento de Risco: Pessoas com comportamento de risco para doenças transmissíveis pelo sangue (como HIV, hepatites B e C) devem ser excluídas.
5. Histórico Médico: Certas condições médicas e cirurgias recentes podem impedir a doação temporariamente ou permanentemente.

Cuidados do Doador

Para garantir uma doação segura e eficaz, tanto antes quanto depois da doação, alguns cuidados são recomendados:
1. Antes da Doação: Faça uma refeição leve antes da doação e evite alimentos gordurosos nas horas que antecedem; Beba bastante água; Tenha uma boa noite de sono na véspera da doação.
2. Durante a Doação: Relaxe e siga as instruções do profissional de saúde; Informe qualquer desconforto imediatamente ao profissional.
3. Depois da Doação: Descanse por 10 a 15 minutos no local após a doação; Continue bebendo bastante líquido e faça uma refeição leve; Evite atividades físicas extenuantes e carregar peso nas próximas 24 horas.
“A doação de sangue é um ato simples, seguro e que pode fazer uma diferença imensa na vida de muitas pessoas. É um compromisso com a sociedade e uma demonstração de empatia e responsabilidade social. Promover e participar de campanhas de doação de sangue é uma forma eficaz de contribuir para um mundo mais saudável e solidário”, esclarece Dr Filipe Fusari.
Em Concórdia as doações são feitas mediante agendamento através do telefone (49) 8402-2705.

Rosilene Fochesatto/OJ

 

Veja Também

Confira as matérias que foram destaque