O Jornal

Alistamento encerra na quinta-feira

Alistamento encerra na quinta-feira

Encerra nesta semana, dia 30, o prazo para jovens nascidos no ano de 2004, se alistarem nas forças armadas do país, seja no Exército Brasileiro, Marinha do Brasil ou da Força Aérea Brasileira. O alistamento é obrigatório a todo jovem que completa 18 anos até o dia 31 de dezembro de 2022. A regra equivale aos jovens do sexo masculino e aos cidadãos transgêneros. As mulheres são dispensadas do serviço. O futuro soldado deve se inscrever exclusivamente por meio do site de Alistamento Militar.

Desde o ano de 2020, devido a pandemia do coronavírus, o alistamento pode ser realizado principalmente pela internet, no site www.alistamento.eb.mil.br, onde o candidato deverá preencher o formulário para validação dos dados pessoais. Quem não se alistar ficará sujeito a multa e restrições em cargos públicos e ingresso em faculdades. Também será impedido de retirar carteira profissional, passaporte; registro de diploma; matrícula ou inscrição para o exercício de qualquer função dentre outras penalidades.

Inscrição

Para a inscrição online, é necessário ter em mãos: CPF, carteira de identidade ou carteira de trabalho, comprovante de endereço com CEP, endereço de e-mail e telefone. Após preencher o formulário, o candidato deve imprimir o Certificado de Alistamento Militar para comprovação de sua inscrição junto às Forças Armadas. O acesso é feito com o número do CPF e a senha criada no momento do cadastro.
Para quem não tem acesso ao um computador pessoal, a inscrição pode ser feita por um telefone celular, basta instalar o aplicativo de alistamento, disponível para os sistemas iOS e Android. A documentação é a mesma para ambos os casos.
Em casos especiais que, os futuros soldados que necessitarem de atendimento presencial, podem se dirigir a Junta Militar que está situada junto a Rodoviária Municipal, na rua Dr. Maruri, 1474, Centro. Informações podem ser obtidas pelo telefone (49) 3444-0886.

Dispensa por excesso de contingente

De acordo com os últimos registros do município, a grande maioria dos jovens alistados foram dispensados de seguir para o quartel do Exército. Isso acontece quando a força militar compreende que há excesso de contingente, isto é, que a quantidade de candidatos é maior que as vagas disponíveis no batalhão. Este fator também pode ser atribuído para os jovens de cidades mais reduzidas.

Dúvidas

As forças armadas também esclarecem nos órgãos físicos ou pela internet, as principais dúvidas sobre o alistamento militar. As principais seriam relativas a doenças e deficiências dos candidatos como: se o portador de necessidade especial com deficiência física ou mental se alista; se tiver necessidade especial visível ou incapacidade absoluta de comparecer a Junta Militar teria obrigação de prestar os procedimentos. Em todos estes casos, haveria procedimentos específicos que as famílias dos jovens devem se informar.

Por Odair José Paz/OJ

Veja Também

Confira as matérias que foram destaque